Assembleia aprova novo Dissidio Arroz

Os trabalhadores  nas indústrias do setor do arroz de Pelotas aprovaram a proposta de dissídio da categoria, em duas assembleias ( manhã e noite) realizadas ontem, (23/03/2017) no Sindicato da Alimentação de Pelotas. O aumento salarial foi de 5% e vale a partir de 1º de março de 2017. Os valores ficaram assim:  Serviços Gerais: R$ 1.294,00. Profissionais: R$ 1.449,50. Auxilio escolar: R$ 506,00. Manutenção das cláusulas do dissídio...

Novos Pisos da Panificação 2017

Panificação tem antecipação salarial em março/17 CLÁUSULA QUINTA – As empresas reajustarão, em março de 2017, todas as faixas salariais no percentual de 5% (cinco por cento), a título de antecipação salarial do dissídio 2017/2018. Veja como ficam os novos pisos; PADEIROS, MASSEIROS, CONFEITEIROS (AS) e FORNEIROS: R$ 1.386,00 (um mil trezentos e oitenta e seis); QUADRISTAS E AJUDANTES: R$ 1.244,25 (um mil duzentos e quarenta e quatro reais com vinte cinco centavos); BALCONISTAS e SERVIÇOS GERAIS: R$ 1.233,75 (um mil duzentos e trinta e três reais com setenta e cinco...

SINDICATO PARTICIPA DE ATIVIDADES AO LADO DAS MULHERES NESTE 8 DE MARÇO

O Sindicato da Alimentação de Pelotas participou de várias atividades neste 8 de Março de 2017, Dia Internacional da Mulher. O Sindicato participou de audiência pública na Câmara Municipal, composta por quatro vereadoras da Casa: Zilda Burkle, Cristina Oliveira, Daiane Dias e Fernanda Miranda. Logo após, uma marcha seguiu em direção ao prédio do INSS, onde ocorreu intervenção artística e política. As atividades seguiram durante a tarde. com manifestações e exposições de trabalhos, debate sobre Gênero e Saúde Mental no Chafariz da Praça Coronel Pedro Osório, junto à Tenda do Afeto. ATENÇÃO MULHERES! A PEC 287 do governo Temer retira direitos históricos das mulheres, conquistados depois de muitas lutas: Aposentadoria por idade da trabalhadora rural passará de 55 para 65 anos da trabalhadora urbana passará de 60 para 65 anos e tendo de provar 25 anos de contribuição, não mais 15 anos como agora. Além disso, a trabalhadora rural terá de pagar mensalmente suas contribuições o que hoje é feito quando da venda da safra. Aposentadas não poderão receber pensão por morte, pensionistas não poderão receber aposentadoria.Terão de optar entre uma ou outra. A pensão não será mais de 100% do que recebia ou poderia receber, receberá no máximo 60% e poderá ser menos do que um salário mínimo! As mulheres após 30 anos de trabalho e contribuição não poderão mais se aposentar, não haverá mais aposentadoria por tempo de contribuição. Os benefícios de prestação continuada da assistência social passarão a ser concedidos apenas às mulheres com 70 anos de idade que sejam miseráveis, não mais aos 65...

Participe das atividades do Dia Internacional da Mulher

Junte-se a nós neste 8 de março DIA INTERNACIONAL DA MULHER, e venha fortalecer a luta contra o machismo, a violência, a retirada de direitos e a opressão. Ocorrem atividades durante todo o dia de hoje, 8 de março, em Pelotas. Às 8h, acontece uma audiência pública na Câmara Municipal de Pelotas. Partirá da própria audiência, com concentração a partir das 11h, uma caminhada até o prédio do INSS, onde ocorrerá uma intervenção artística em protesto à Contrarreforma da Previdência (Proposta de Emenda à Constituição 287/2016). A partir das 14h, no Chafariz da Andrade Neves, haverá panfletagem junto a atividades realizadas pela Tenda Feminista. Logo após, às 16h, tem debate sobre Gênero e Saúde Mental também no Chafariz, junto a Tenda do Afeto, seguido de ato público “Ato Público: Se nossas vidas não importam, que produzam sem nós!”, às 17h. Às 20h30, no Buteco da Filosofia (Bar do Zé), será apresentado um vídeo seguido de debate. Programação 8h – Audiência pública na Câmara Municipal de Pelotas 11h – Concentração na Câmara para caminhada até o INSS, onde ocorrerá intervenção artística em protesto à Contrarreforma da Previdência 14h – Tenda Feminista na Esquina Democrática (Chafariz do Calçadão) – a tenda estará aberta para manifestações e exposição de trabalhos de mulheres 16h – Debate sobre Gênero e Saúde Mental, também no Chafariz 17h – Ato Público: Se nossas vidas não importam, que produzam sem nós!, no Chafariz 20h30 – Apresentação de filme e debate no Buteco da Filosofia (Bar do...